Mudança de rotina em confinamento leva a “adiantar” happy hour, diz médico

Em uma percepção ainda empírica, não científica, profissionais de saúde envolvidos com importantes programas e estudos sobre álcool têm observado um aumento considerável no consumo “doméstico” de bebida durante o confinamento. Eles não se referem apenas a recaídas de pessoas com histórico de alcoolismo, mas também à quantidade ingerida pelos que bebem “só uma cervejinha”,…

Continue lendo