5 sentimentos que só familiares de alcoolista sabem

Um turbilhão de sentimentos. É assim que nos sentimos quando alguma doença atinge um ente querido. E com o alcoolismo, claro, não é diferente. Separamos os 5 sentimentos que os familiares de alcoolista sabem:

1)      Culpa

“Me sinto culpado por ele estar assim”. Não importa se é pai, mãe, esposa, marido, filhos. A culpa é o sentimento mais citado pelos familiares de alcoolistas, causando grande tormento na vida dessas pessoas. Muitas vezes essa culpa faz com que os familiares protejam excessivamente o alcoolista. Se é o seu caso, saiba que é preciso apoiá-los, sim, mas que você não deve sentir-se culpado ou responsabilizado pela dependência do ente querido.

2)      Falta de confiança

O enredo se repete em diversas famílias: o alcoolista diz que não está doente e que não precisa de tratamento pois pode parar de beber quando quiser. Após brigas familiares, diz que foi a última vez que bebeu em excesso. Mas a pessoa não aguenta e volta a ingerir álcool. Isso é muito comum, causando conflitos e falta de confiança.

Leia também: Entenda os tipos de internação para tratamento do alcoolismo

3)      Medo

O medo ronda a família do alcoolista por diversas razões, mas as principais são os acidentes (nas estradas ou no trabalho) e a violência, seja ela nas ruas (envolvimento com brigas) ou em casa (quando o alcoolista agride a família após a ingestão de álcool).

4)      Raiva

É natural que os familiares se irritem com o avanço do alcoolismo ou em determinadas situações, como a negação da doença. A raiva pode fazer com que o familiar brigue com o dependente ou até mesmo rompa os laços familiares.

5)      Solidão

Por vergonha, os membros da família podem evitar sair de casa por medo de vexames do familiar alcoolista ou mesmo por sentir-se inferior por ter um dependente em casa.

Buscar grupos de familiares que sofrem com o mesmo problema pode ser de grande ajuda. Um dos principais no Brasil é o Al-Anon. Outras opções são algumas clínicas particulares e CAPS que oferecem reuniões específicas para os familiares saberem lidar com o alcoolismo. O Alcoólicos Anônimos também permite a presença de familiares em suas reuniões. Informe-se na sua cidade quais entidades ajudam família de alcoolistas e não deixe de procurá-las.

2 comentários Adicione o seu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *