6 dicas essenciais para falar sobre o uso de álcool com os filhos

Mesmo com a proibição por lei, sabemos que o álcool é uma droga na qual muitos adolescentes ou até mesmo crianças experimentam com facilidade. Por isso, os pais devem se preocupar em educar e orientar os filhos desde cedo sobre o consumo de bebidas alcoólicas. Veja seis dicas essenciais para você falar sobre o uso de álcool com os seus filhos:

1)      Estude

É importante estudar sobre o assunto para ter argumentos e saber como explicar para as crianças ou adolescentes as possíveis consequências do uso de bebidas alcoólicas.

2)      Seja exemplo

As crianças imitam o comportamento daqueles que amam e admiram. Por isso, o que os pais fazem ou dizem é importante, pois os filhos podem imitar os hábitos no futuro. Sendo assim, evite o consumo de álcool exageradamente na frente dos filhos e, claro, não ofereça ‘só um gole’.

3)      Honestidade

Demonstre honestidade na hora de promover o diálogo. Busque colocar-se no lugar no filho e seja sincero na hora de falar sobre a bebida alcoólica. Isso faz com que a criança ou adolescente reconheça a seriedade do assunto, sem que isso fique como sermão.

4)      Firmeza

Ter firmeza sobre o que está falando não é ser agressivo ou ameaçador. É saber reforçar o que todos sabem: menor de idade não deve ingerir bebida alcoólica, por mais que ofereçam alegando que não há malefício.

5)      Apoio

Deixe claro que o fato dele não beber não o fará menos descolado ou inferior da turma. Ofereça o apoio necessário para que ele sinta-se bem sem álcool. Converse e demonstre o quanto ele pode contar com os pais.

6)      Fique atento

Apesar as orientações e da base de confiança construída no vínculo familiar, é bom ficar atento para o comportamento do filho. Se perceber que ele bebeu, converse. Escute o que o levou a beber. Relembre-o das regras estabelecidas e use argumentos concretos para mostrar seu ponto de vista.

 

Leia também: 10 coisas que você precisa saber sobre o alcoolismo