Alcoolismo é tema de entrevista no Jornal da Gazeta Alcoolismo / Jovens / Notícias

A jornalista Maria Lydia Flandoli, do Jornal da Gazeta (TV Gazeta), realizou uma entrevista com a psiquiatra e professora da Unifesp Ana Cecília Marques sobre o alcoolismo.

Durante a entrevista, a médica ressaltou os efeitos nocivos do álcool na adolescência. “Os estudos apontam que, quanto mais cedo o jovem começar a beber, maior a taxa de dependência ao longo da vida. Eles começam a beber cada vez mais cedo, em doses maiores e isso compromete a vida dele como um todo. Compromete o cérebro, seu relacionamento social, seu aproveitamento acadêmico e, principalmente, seu relacionamento familiar”, disse Ana Cecília.

A genética não é o fator determinante que leva o jovem ao alcoolismo. Ana Cecília explica que, na verdade, é um conjunto de fatores que pode fazer uma pessoa ser dependente do álcool. “Para que o individuo desenvolva a dependência existem vários fatores e não necessariamente a genética é o fator único. E mais complexo do que isso é dizer que cada um tem um conjunto de fatores. Então, não existe um perfil, mas existem fatores de risco que podem levar a essa doença tão grave”, esclarece.

No fim da entrevista, questionada sobre o que seria ‘beber com moderação’, a psiquiatra alerta que toda dose pode trazer riscos. “Não existe beber seguro, existe beber uma dose mínima com chance de ter problemas”, finaliza. A entrevista completa pode ser assistida logo abaixo:

Como a sociedade pode ajudar na prevenção e conscientização dos adolescentes e jovens sobre o uso do álcool? Deixe sua opinião!


Comecei a ingerir bebidas alcoólicas aos 14 anos de idade, me tornei alcoólatra e hoje estou em recuperação.