Anfetaminas

As anfetaminas formam uma classe de várias substâncias, algumas com indicações médicas e venda controlada e outras fabricadas em laboratórios clandestinos e consideradas drogas ilícitas (quadro 1).

drogas_anfetaminas

 

Aparência

No Brasil a maior parte da anfetamina consumida é vendida legalmente em farmácias, na forma de comprimidos ou cápsulas. No Japão, Austrália e costa leste dos Estados Unidos aparece na forma de pó branco refinado e de pedras translúcidas, chamadas de ice (gelo) ou crystal. São as anfetaminas modificadas, ou metanfetaminas.

 

drogas_anfetaminas2

 

Efeitos agudos

As anfetaminas são estimulantes da atividade mental. São efeitos agudos do consumo dessas substâncias a diminuição do sono e do apetite, aceleração da velocidade do pensamento, geralmente com maior produção de fala, e inquietação. Há uma elevação do estado de alerta e instabilidade do humor, podendo variar da euforia ao mal-estar psíquico de acordo com predisposições individuais e ambientais. O efeito dura cerca de 60 minutos. Ocorrem também dilatação da pupila (midríase), aumento dos batimentos do coração (taquicardia) e elevação da pressão arterial.

drogas_anfetaminas3

 

Riscos à saúde

– A anfetamina pode causar dependência, com o surgimento de síndrome de abstinência. Esta se caracteriza principalmente pelo surgimento de sintomas depressivos e de exaustão, após períodos prolongados de consumo.
– Durante o consumo pode levar a problemas cardíacos, como o infarto do coração.
– O consumo de grandes quantidades pode causar convulsão.
– Consumir com freqüência durante vários meses pode levar a depressão, ansiedade, deixar a pessoa irritada, impulsiva e cansada.

 

Fonte:

http://apps.einstein.br/alcooledrogas/novosite/drogas_anfetaminas.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *