Descubra porque o alcoolismo enfraquece os músculos O álcool

A fraqueza muscular é um sintoma comum de quem sofre de alcoolismo. Eis que pesquisadores conseguiram descobrir o motivo: o álcool impacta na fusão das mitocôndrias das células.

Imagine uma espécie de pulmão das células. Assim são as mitocôndrias: responsáveis pelo processo de respiração celular. Esse procedimento é fundamental para a obtenção de energia que supri as necessidades vitais de um organismo. E um corpo sem energia não consegue funcionar.

Quando as mitocôndrias perdem seus componentes danificados, elas fundem-se umas às outras, trocando seu conteúdo, ficando saudáveis novamente. Um estudo em ratos mostrou que aqueles que tinham uma dieta regular rica em conteúdo alcoólico perderam até 50% da proteína mais importante na constituição das células e dos músculos, a Mfn1.

Onde entra a fraqueza muscular nesta história? As mitocôndrias estão em maior abundância nas células dos músculos, coração e sistema nervoso, pois eles precisam de grande quantidade de energia. E como a diminuição de Mfn1 apareceu, na pesquisa, acompanhada de uma considerada redução da fusão de mitocôndrias, os pesquisadores relacionam esses fatos ao aumento da fraqueza muscular.

A pesquisa, liderada por Verónica Eisner, da Universidade Thomas Jefferson, foi publicada no dia 21 de abril de 2014 na revista Journal of Cell Biology.


Comecei a ingerir bebidas alcoólicas aos 14 anos de idade, me tornei alcoólatra e hoje estou em recuperação.