Drunkorexia: quando o álcool é usado para emagrecer

Pessoas que evitam se alimentar e passam a consumir exageradamente bebidas alcóolicas. Este é o perfil de quem sofre de drunkorexia, também conhecida como anorexia alcóolica.

Apesar de não ser um termo médico oficial, a drunkorexia atinge, em sua maioria, mulheres entre 20 e 40 anos.  A pessoa restringe a absorção das calorias necessárias ao corpo humano e o abuso do álcool a fim de obter ou manter um visual que considera adequado.

Segundo o Centro de Informações Sobre Saúde, o álcool age como um inibidor do apetite e à medida que seu efeito passa, a pessoa necessita ingerir em maiores doses e com mais frequência evitando, com isso, o consumo dos nutrientes.

Para detectar esse transtorno e diferenciá-lo do alcoolismo é preciso haver além do uso abusivo do álcool uma preocupação exagerada em perder peso. A pessoa deixa de comer para poder beber e assim consegue manter o seu peso sem engordar. No entanto, a diminuição do peso por bebida alcóolica é como a perda por dieta restritiva: não é permanente, causando o efeito sanfona.

Quem sofre de drunkorexia necessita um tratamento onde haja integração entre diversas especialidades médicas, para que possa tratar a dependência do álcool e, paralelamente, ao transtorno alimentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *