Paulo Leme Filho e Barbara Gancia  discutem preconceito contra mulheres com a doença do alcoolismo Alcoolismo / Depoimentos / Feature / Mulheres / Notícias

Os dois falaram aos internautas das  dificuldades e como superaram a dependência do álcool  

O advogado e candidato a deputado estadual Paulo Leme Filho (Rede) e a jornalista e escritora  Barbara Gancia conversaram de forma aberta sobre a doença do alcoolismo. Na pauta, o drama de viver à margem da sociedade, sofrendo com o preconceito, e a superação do problema.

Paulo Leme Filho está em abstinência há mais de 21 anos e Barbara há 11 anos,  após beber por 30 anos. A dupla discutiu os diversos aspectos da doença, como o relacionamento com a família e o mundo do trabalho, prejudicando homens e mulheres.

Em relação às mulheres, os dois concluíram que elas têm a sobrecarga do preconceito, especialmente na questão da moralidade, diferentes dos homens.

Segundo Barbara, as mulheres  estão bebendo mais, começando cedo, com 12 anos. “O alcoolismo feminino é mais doloroso pelas razões do comportamento e do preconceito. A mulher alcóolatra é vista com certa desconfiança, ao contrário do homem,  que não sofre esse tipo de restrição”, avaliou o advogado.

Assim como o Paulo Leme  Filho, que escreveu dois livros (A Doença do Alcoolismo e Vai Valer a Pena) e teve nos grupos de apoio o suporte para dar a volta por cima, a jornalista teve ajuda de pessoas e prepara a obra  “A saideira”, em que relata a sua vida turbulenta.

A obra será lançado em 22 de outubro,  na livraria Saraiva, do Shopping Eldorado, em São Paulo.  “O livro mostra que é possível ser feliz depois de a pessoa decidir parar de beber”, afirmou a autora.

 

Saiba mais em:

 

http://www.paulolemefilho.com.br

https://www.facebook.com/oficialpaulolemefilho/

 


Comecei a ingerir bebidas alcoólicas aos 14 anos de idade, me tornei alcoólatra e hoje estou em recuperação.