Solimões revela problema com alcoolismo: ”Se eu não parasse, iria morrer”

Solimões abriu as portas de sua casa para conceder uma entrevista ao ‘Domingo Show’. Durante o bate-papo, exibido no último domingo (17) pela Record TV, ele revelou o problema com o alcoolismo que passou. 

“Hoje em dia, eu não tenho vontade de beber, fumar. Por que se fosse para ficar com vontade, eu ia morrer fazendo isso”, disse. 

Para apresentador Geraldo Luís, ele contou que passou por altos e baixos na batalha contra o vício. 

“Eu tive um desequilíbrio. Se eu começasse a beber, não queria que amanhecesse para poder continuar bebendo a noite. A festa acabava, eu ia caçar outro lugar. Tomava o que desse […] O que me desse felicidade eu tava tomando”, falou.

Foram anos de idas e vindas com o abuso de álcool, mas, ao passar no médico, percebeu que deveria reavaliar as suas atitudes. 

“Eu parei de beber de 2000 até 2005 para poder administrar minha vida. Em 2006, eu comecei a beber socialmente! Em 2007, fiquei doido. Já em 2008, não bebi o ano todo, mas no final do ano meu médico me disse que se eu bebesse mais quinze dias, eu morria”. 

Fonte: Rede Record

Deixe uma resposta