Temi pela morte por dirigir bêbado diversas vezes, diz atacante Jô

“Se não tivesse a minha família do meu lado, estaria numa pior. De repente até morto por dirigir bêbado diversas vezes.”

A declaração é do atacante Jô, 29 anos, novo reforço do Corinthians para a próxima temporada.

Após colecionar atos de indisciplina por se exceder com bebida e baladas, o jogador disse estar mudado: converteu-se ao cristianismo e não bebe há dois anos.

Fonte: Folha de SP

Deixe uma resposta