Referência em informações sobre alcoolismo na internet Alcoolismo / Feature / Notícias

O consumo irresponsável do álcool é uma preocupação de todas as sociedades do mundo, devido ao risco de dependência e ao grande número de mortes que provoca diariamente.

Mas se existe o problema, também há esperança. Uma das grandes fontes brasileiras sobre alcoolismo na internet completou, em outubro, 19 anos de existência.

A central de informações www.alcoolismo.com.br, que reúne informações, depoimentos, indicações sobre tratamentos e muito mais sobre a dependência do álcool, é hoje uma grande referência para quem procura compreender todos os aspectos da doença.

O site foi idealizado por Luiz Antonio da Cruz, que, após passar por tratamento para o alcoolismo, viu na internet uma maneira de divulgar informações relevantes para que outras pessoas pudessem ter oportunidades de controlar a doença.

Para o criador, a marca de 19 anos é um registro histórico por tudo o que o site representa para sua vida e para as pessoas que sofrem com o alcoolismo. “É, sem dúvida, minha maior missão aqui na Terra, uma maneira de levar a esperança para aqueles que poderiam achar que já perderam tudo”, diz Luiz Antonio.

A idéia cresceu e, além desse conteúdo básico, o site foi tomando corpo e ganhando serviços de informações para prevenção, artigos de especialistas, ferramentas para a troca de informações (blogs, chats, vídeos, perguntas freqüentes, tira-dúvidas).

Um dos espaços mais interessantes é o de depoimentos, onde são constantes as trocas de informações e experiências e relatos em relação ao alcoolismo, onde as teorias e os dados científicos são humanizados, traduzidos em situações emocionantes de quem conhece a doença de perto.

“Meu marido está nesse momento numa clinica de recuperação. Estou me sentindo muito só muita saudade, mas muito feliz. Pois tenho a certeza que as coisas vão melhorar muito, já estão melhores”, comenta internauta identificada como Jana.

Em geral, as experiências de pessoas que adquiriram um novo comportamento na vida são relatadas por familiares que também mudaram a maneira de perceber a doença. “Eu ia visitá-lo sempre, a família toda apoiou, os irmãos conseguiam conversar com ele normalmente depois de anos de embriaguez e ficavam surpreendidos com aquele homem”, diz a filha de um ex-paciente de uma clínica de tratamento.

O site possui ainda um rico conteúdo direcionado a jovens, mulheres, com temas específicos de cada público.

Números do Site

9 a 10 mil visitas ao mês, em média

500 a 700 visitas diárias, aproximadamente

18 mil visitas foi o pico atingido em um único mês

Do abismo à luz

A história de um projeto que leva esperança para milhares de pessoas

Poderia ter sido somente mais uma história trágica de uma família desestruturada pela presença devastadora do álcool. Poderia ter sido mais uma notícia ruim nos periódicos brasileiros.

Mas graças a uma força de vontade e uma capacidade incomum de virar o jogo, a história de um dependente do álcool foi contada para o público não como uma tragédia, mas como uma referência sobre como é possível sobreviver e ainda ser exemplo para milhares de pessoas, no Brasil e no Mundo.

Luiz Antonio da Cruz, um cidadão comum como qualquer outro brasileiro, saia de casa, em São Paulo, dava um jeitinho de passar no bar, tomar aquela “saideira”. Pouco a pouco foi descobrindo que a bebida estava tomando cada vez mais espaço em sua vida, ao mesmo tempo em que se aproximava da dona daquele bar, que viria ser sua grande companheira.

E assim teve início um relacionamento que ainda renderia muitas histórias na vida de Luiz.

Ao passo em que ficava mais difícil dizer não à bebida, outro problema começou a se apoderar de sua vida: o ciúme. Com as constantes crises e o abuso do álcool, a situação chegou no limite após uma briga com um suposto interessado em sua mulher. Foi então que chegou quase ao fundo do poço, perdendo, inclusive, sua mulher.

Embriagado, guiando sua moto – que no dia posterior seria sua ferramenta de trabalho em uma transportadora -, foi abordado por um policial militar, que, sem deixar de cumprir a lei, o ajudou encaminhando-o para uma psicóloga da PM. Ela conseguiu contato com o irmão de Luiz, que o levou para a casa da mãe.

O atendimento psicológico foi o primeiro sinal de que as coisas poderiam tomar um rumo diferente em sua história. “Para mim, aquele momento foi muito importante, pois vi uma chance de mudar de vida”, contou.

Assegurado no trabalho, começou, com a companhia da mãe, a procurar ajuda em grupos de apoio. Nesta época, em meados da década de 90, mudou de empresa, iniciando em uma produtora audiovisual.

E, com a Internet começando a borbulhar no cenário nacional, foi tema de uma reportagem de TV com um site sobre orquídeas que começara a organizar, produzido em homenagem à sua mulher Ana Léia , que conseguiu reconquistar após mostrar que não mais era controlado pela bebida.

Foi então que lhe surgiu a idéia: “Se eu, com um trabalho despretensioso, consegui um enorme espaço na mídia, por que não fazer algo que possa ajudar milhares de pessoas?”, perguntava a si mesmo.

“E assim resolvi arregaçar as mangas e produzir um veículo eletrônico que falasse sobre o problema do uso do álcool, sobre prevenção, sobre tratamento; e assim surgiu o alcoolismo.com.br”, hoje uma referência sobre o assunto no Brasil e na América Latina.

Com o apoio de pessoas próximas, profissionais da área o site completou neste ano 19 anos de existência, graças a uma iniciativa exemplar e uma força de vontade imensa de Luiz Antonio.

Hoje, bem empregado, com sua esposa e família, se orgulha em dizer que não bebe mais e que, acima de tudo, tenta contribuir com o que pode para que outras pessoas não caiam no vício. “Para mim é uma grande satisfação, uma missão que foi cumprida”, finaliza.


Comecei a ingerir bebidas alcoólicas aos 14 anos de idade, me tornei alcoólatra e hoje estou em recuperação.