Estudantes são os que mais bebem

Alunos de escolas privadas são os que mais consomem álcool

Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) mostra que o álcool ainda é a droga mais consumida por crianças e adolescentes de 10 a 18 anos no Brasil. O estudo entrevistou 51 mil estudantes nessa faixa etária nos 26 estados e do Distrito Federal.

A novidade ficou por conta da entrevista ter sido realizada não só com estudantes de instituições de ensino público, mas também de instituições privadas. Segundo a pesquisa, o jovem sai para festas e faz um consumo exagerado das bebidas alcoólicas, esse padrão é identificado em 30% dos adolescentes.

A pesquisa também revelou que a maior parte dos adolescentes que consome drogas está nas escolas privadas, 13% dos estudantes dos colégios particulares admitiram o consumo, enquanto o número de alunos de escolas particulares chegou a 9%.

Segundo a pesquisadoras da Unifesp, Zila Sanchez, “Quanto maior a classe socioeconômica, maior o consumo de drogas pelos estudantes brasileiros”.

A psicóloga da Clínica Viva em Votorantim, Sônia Breda, afirma que os riscos do consumo de álcool pelos adolescentes é grande, já que ela pode abrir as portas para o consumo de outras drogas. “O álcool abre as portas para outras drogas, por exemplo, o adolescente consegue encontrá-lo de uma forma mais fácil e faz o consumo para se auto afirmar, a partir daí o caminho para as drogas ilícitas está aberto”, disse a psicóloga.

A TV Bandeirantes realizou uma matéria que contém mais informações a respeito da pesquisa e entrevistou jovens que assumem o consumo de drogas, assista a seguir:

Deixe uma resposta