Carnaval pode incentivar o abuso de álcool

Todo mundo aguarda ansiosamente pelo carnaval. Seja para descansar, viajar ou cair na folia. Porém, esta festa tão típica brasileira é vista por muitos a oportunidade para abusar do álcool. Não há problema em beber moderadamente, porém, não é preciso beber até passar mal, por exemplo.

O abuso do álcool pode ter muitas consequências e não estamos falando apenas de ressaca. Quem bebe e dirige coloca a vida de muita gente em risco. Não são poucos os acidentes nesta época de carnaval. E uma grande parcela desses acidentes são causados por motoristas alcoolizados. Outro agravante é se expor ao sexo sem proteção e participar de brigas.

E quando a pessoa que deseja curtir o carnaval é alguém que está em tratamento ou fez há pouco tempo, o cuidado deve ser redobrado. Isso porque há mais acesso ao álcool e muita gente pode estimular o uso. De acordo com o psicólogo Marcelo Parazzi, da Clínica Terapêutica Viva, é mais difícil resistir quando há grande oferta de álcool. “Todos nós temos habilidade em lidar com uma situação, porém é uma ocasião perigosa, pois o dependente de álcool corre o risco de perder o controle.”

Para os dependentes químicos, a Clínica Viva preparou dicas para cair na folia sem álcool e outras drogas. Clique aqui!

Campanha “Bebeu, Perdeu”

O Ministério da Justiça apresentou na segunda-feira (24), a campanha “Bebeu, Perdeu”. A ação alerta sobre o consumo de álcool, cuja venda é proibida para adolescentes em todo o País. O slogan da campanha é “Viu aí? Bebeu, perdeu. Curta a adolescência sem beber”.

Ao todo, são cinco vídeos, já disponíveis no canal do Ministério da Justiça no Youtube, que simulam situações (em particular das festas de Carnaval pelo País) em que o adolescente deixa de se divertir por conta dos efeitos do consumo em excesso de bebidas alcoólicas.

Assista um dos vídeos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *