Maconha

A Cannabis é um arbusto originário da Ásia e conhecido da humanidade há cerca de 6000 anos. Há duas espécies mais conhecidas: a Cannabis sativa e a Cannabis indica. O princípio ativo alucinógeno da maconha é o ?-9-Tetraidrocanabionol (THC). Essa substância encontra-se presente no óleo que recobre os brotos das cannabis fêmeas.

drogas_maconha1

 

Outros Nomes

O nome genérico da cannabis é cânhamo. Há outros nomes, mas boa parte deles tem caráter puramente regional. No Brasil, a cannabis já foi denominada diamba e hoje o termo maconha é o mais utilizado. No Oriente , recebe nomes como ganja, dagga, charas, haxixe, bhang. Na América espanhola e nos Estados Unidos, o nome marijuana é o mais conhecido, mas há outros termos: grass, pot, tea, reefer, Mary Jane, weed.

drogas_maconha2

 

Efeitos

A maconha é um alucinógeno. Há vários fatores que influenciam seus efeitos, tais como a concentração de THC na planta, a sensibilidade aos efeitos e experiências prévias do usuário e o ambiente do consumo. Em geral, o uso é seguido por alterações nos sentidos (visão, audição, olfato), cognitivas (pensamento, memória e atenção) e de humor. Há alterações da noção de tempo e espaço e ilusões (distorções na percepção de objetos reais) visuais e auditivas.

O humor pode variar de um estado eufórico (marcado por risos imotivados, fala solta e sensação de bem-estar) à sintomas de mal-estar psíquico, como tristeza, sensação de pânico e perda do controle (medo de enlouquecer). O pensamento se lentifica e as associações de ideia ficam menos coerentes, tendendo à mudança de assunto ou à incapacidade de articular o pensamento com a mesma facilidade habitual. Há um aumento exagerado do apetite, voltado principalmente para o consumo de carboidratos (“larica”).

drogas_maconha3

 

Riscos à Saúde

– A maconha piora a atenção e a concentração, aumentando os riscos de acidentes.
– Pode desencadear quadros agudos de pânico e paranoia.
– O uso em grandes quantidades e por longos períodos pode deixar a pessoa menos concentrada, sem objetividade e desmotivada.
– A maconha pode causar dependência.
– A maconha pode causar psicose em pessoas que já tinham predisposição para essa doença.
– A maconha pode causar câncer de pulmão.

 

Fonte: Site Álcool e Drogas sem Distorção (www.einstein.br/alcooledrogas)

Programa Álcool e Drogas (PAD) do Hospital Israelita Albert Einstein

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *